Connect
To Top

Matheus Abreu, de Malhação, lembra da torcida do casal “Keytato”

Na época que foi exibida pela primeira, Keyla (Gabriela Medvedosvski) e Tato (Matheus Abreu) era um dos casais com maior torcida do público. O comportamento do rapaz influenciou muito nessa relação desde que ele assumiu o filho de Keyla, mesmo não sendo o pai da criança. Este assunto, por sinal, será debatido nos próximos capítulos da trama. 

Embora tenha passado apenas três anos, o ator Matheus Abreu guarda com carinho cada momento do personagem. Em um papo, ele conta sobre as transformações após o Tato, a quarentena, e muito mais. Confira abaixo:

Matheus Abreu (foto: Fábio Rocha)

Matheus Abreu (foto: Fábio Rocha)

‘Malhação’ mudou sua vida?

‘Malhação’ foi um trabalho muito especial para mim. Sem dúvida mudou minha vida, conheci pessoas incríveis e fiz verdadeiros amigos, além do carinho que sempre recebi por causa do Tato, que realmente é um menino de ouro (risos). A compaixão do Tato tocava muito o público, criou-se uma relação muito próxima deles comigo, me paravam para comentar os acontecimentos da semana, para contar histórias parecidas. Sem falar no aprendizado que é fazer ‘Malhação’. Eu já tinha feito trabalhos no cinema e na TV Globo mesmo, mas “a pegada” de Malhação é diferente. É desafiador, mas igualmente recompensadora. Levo lindas lembranças do trabalho, todas carregadas de saudosismo.  

Como era a repercussão do casal na época? 

Realmente o casal Keyla e Tato tinha muita torcida. Muitas pessoas que não conheceram a história na época podem ver agora e torcer por eles e pelo Tonico. Eu adorei saber que a temporada voltaria. Foi um trabalho muito especial e poder assistir novamente e relembrar as histórias é poder reviver um pouquinho tudo o que passamos durante as gravações. Nesse momento de quarentena é uma belíssima pedida. 

Matheus Abreu (foto: Estevam Avellar/ TV Globo)

Matheus Abreu (foto: Estevam Avellar/ TV Globo)

Fale sobre o sentimento do casal e de Tato, um adolescente que decide ajudar a amiga a criar o filho, mesmo não sendo dele.  

Tato se vira em tudo que dá, apesar de tantos perrengues, ele leva a vida da maneira mais positiva possível. Quando viu Keyla na situação de mãe solteira viu a oportunidade de ajudar a amiga e uma forma de declarar seu amor por ela, uma chance de se aproximarem. Uma gravidez traz muitos desafios para qualquer casal, na adolescência isso se intensifica, mas o senso de responsabilidade e o amor que nutriu pelo Tonico só alimentaram a persistência do Tato.

Qual foi sua reação e da Gabriela ao ver o casal fazendo tanto sucesso?  

Sempre ficamos muito felizes com o apreço e torcida do público, mas nosso trabalho é o mesmo independente disso. A gente preza por ser fiel à história e ao maestro de tudo, o Cao Hamburger. 

Siga o Opinião Cult nas redes sociais:

FACEBOOK: opiniaocult
INSTAGRAM: @opiniaocult
YOUTUBE: Opinião Cult

Assine nossa Newsletter!

Conteúdos exclusivos. Você recebe antes dos demais.
[mc4wp_form id=”5835″

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

More in Entrevista