Gloria Menezes: “As pessoas estão se dando conta da fragilidade que é a vida”

By

Aos 85 anos, Gloria Menezes sabe como é viver com saúde e parceira, afinal, são 56 anos de relacionamento com Tarcísio Meira. A atriz idealiza mudanças positivas no comportamento das pessoas com a chegada da pandemia. Em outra esfera, a triz comemora o retorno da personagem Stelinha na novela das sete, que, na época, fez sucesso como a madame mais culta do pedaço. Confira o papo:

Quais são as lembranças mais marcantes deste trabalho? 

Stelinha era uma grã-fina, muito chique que surge para pôr a Eliza (Marina Ruy Barbosa) nos trilhos. (risos) Através das aulas de etiqueta, Stelinha consegue transformar a jovem. Ela usava um leque e batia com o objeto em todo mundo. Gostava de chamar a atenção (risos). A personagem tinha uma certa comicidade apesar da pose.

Como era o clima nos bastidores da novela? 

O clima nos bastidores era ótimo, leve, divertido. Realmente uma grande família. Eu virei mesmo a ‘vovó’, a ‘mamãe’ de todos eles. Quando fiz essa novela tinha 80 anos. Então recebia tratamento de ‘princesa’ (risos). Era um carinho realmente especial da equipe, do elenco, dos diretores. A gente improvisava e ria bastante durante as gravações. 

Há alguma recordação da época?

Lembro muito do Fábio (Assunção), uma pessoa muito querida. Ainda guardo fotos e cartões que ele escreveu para mim. Foi ótimo trabalhar com tantos atores jovens. Profissionais que acabam crescendo acompanhando o nosso trabalho na tevê desde pequenos. E quando se tornaram atores demonstram um carinho muito grande comigo. É recíproco. Foi a última novela que participei. Também foi a primeira vez que contracenei com o Reginaldo (Faria). Fiquei cinco anos sem férias e emendando vários trabalhos, mas quando a gente para, sinto falta e saudades daquela correria.

Glória Menezes foto: Paulo Belote
Glória Menezes Foto: Paulo Belote

Como está a rotina nesta quarentena? 

Tenho a preocupação em cumprir a quarentena de forma correta principalmente por causa da minha idade. Aproveito os dias para cuidar das minhas plantas e observar a natureza. Estou me cuidando e me protegendo ao lado do Tarcísio (Meira). Juntos há 56 anos nesta caminhada.

Do alto de toda a sua experiência de vida, como a senhora imagina o mundo após essa pandemia? 

Eu acredito que após esse coronavírus viveremos num outro mundo e o comportamento das pessoas será completamente diferente. Eu tenho a impressão de que teremos mais solidariedade entre as pessoas…  Acho que as pessoas estão se dando conta da fragilidade que é a vida. Quando o mundo inteiro, simultaneamente, vive um isolamento por conta de um vírus é algo muito forte.

DE OLHO NO YOUTUBE DO OC!

Confira o nosso papo com Claudio Lins sobre televisão. Acesse e siga o nosso canal.

Siga o Opinião Cult nas redes sociais:

FACEBOOK: opiniaocult
INSTAGRAM: @opiniaocult
YOUTUBE: Opinião Cult

Assine nossa Newsletter!

Conteúdos exclusivos. Você recebe antes dos demais.

Leave a Comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

You may also like

Hot News