Dia do Beijo: cinco beijos inesquecíveis do cinema 

By

O dia 13 de abril é marcado pelo Dia do Beijo, e no cinema não faltam entrelaços marcantes que certamente não saíram da sua cabeça. Por isso, o Opinião Cult separou cinco beijos importantes da história do cinema.

 

Romeu e Julieta

Um dos beijos mais apaixonantes do cinema nos ano 90 é o de Romeu Montéquio (Leonardo Di Caprio) e o de Julieta Capuleto (Claire Danes) no final do romance baseado na obra de Shakespeare.

 

 

Titanic

O público que já passou dos 20 anos de idade certamente lembra do inesquecível beijo entre Rose (Kate Winslet) e Jack (Leonardo Di Caprio) em Titanic. A magia acontece na proa do nível ao som de My Heart Will Go On.

 

 

O Poderoso Chefão 2

A famosa cena de beijo de O Poderoso Chefão II. Na cena, Michael Corleone (Al Pacino) dá um beijo em seu irmão, Fredo (John Cazale), e diz a frase “Eu sabia que era você, Fredo”, no que ficou conhecido como O Beijo da Morte. Sútil e ao mesmo tempo intenso.

 

 

A Dama e o Vagabundo

Animação também é marcado pelo intenso amor. E a produção da Disney lançada em 1955 retrata a história de dois cachorros, a Dama, que vive como uma aristocrata, e o Vagabundo, um vira-lata que mora nas ruas. A cena de beijo acontece quando os dois estão comendo macarrão e aos poucos suas bocas se aproximam.

 

 

Bonequinha de Luxo

A clássia obra de 1961 traz Audrey Hepburn e George Peppard em um dos beijos mais apaixonantes do cinema.

E pra você, qual o beijo inesquecível da história do cinema? Deixe seu comentário.

Leia também:

+ Crítica | Um amor, mil casamentos

+ Crítica | Por Lugares Incríveis

 

Siga o Opinião Cult nas redes sociais:

FACEBOOK: opiniaocult
TWITTER: opiniaocult
INSTAGRAM: @opiniaocult
YOUTUBE: Opinião Cult

Assine nossa Newsletter!

Conteúdos exclusivos. Você recebe antes dos demais.

You may also like