Sessão de Terapia: 4ª temporada é um magistral soco no estômago

A quarta temporada está disponível no Globoplay.

By
ads

Quando foi anunciada a quarta temporada de Sessão de Terapia abriu-se um reboliço na imprensa e nos espectadores sobre a retomada da complexa série. Afinal, como veríamos um novo protagonista e personagens diferentes das edições anteriores?

Enfim, ao assistirmos os cinco primeiros episódios, constatamos que Sessão de Terapia reacendeu a chance de analisarmos, através da ficção, os problemas internos do cotidiano, histórias que talvez vivenciamos ou de quem passa pela gente todos os dias nas ruas. Essa é a premissa da série disponível no Globoplay: fazer refletir sobre o cotidiano.

A quarta temporada conta com um elenco de peso para lidar com essas mazelas. Desta vez, Selton Mello assume o papel principal para orientar seus pacientes com seus problemas, que não são poucos. Na segunda-feira conhecemos Chiara (Fabiula Nascimento), uma atriz que precisa administrar a possível depressão que insiste em negar. Na terça, a adolescente Guilhermina (Lívia Silva) conta sua relação infantilizada perante os pais e como isso afeta seu contato na escola; na quarta, o machão Nando (David Jr.) relata sua disfunção erétil após a volta de uma viagem da esposa; na quinta, a idosa Haidée (Cecília Homem de Mello) mostra-se uma mulher deprimida após perder o marido e conviver estranhamente com a nora e o filho. Para finalizar, sexta-feira é dia de Caio, próprio Selton Mello, desfigurar-se do posto equilibrado para manchar-se com seus dilemas diários.

Netflix divulga a lista de filmes de terror em comemoração ao Halloween

Marc Martel, voz de Freddie Mercury no filme Bohemian Rhapsody, se apresenta no Brasil

Sessão de Terapia: elenco vale a pena?

Um dos pontos fortes da série é o elenco. Além de Selton Mello, que caminha entre as emoções com maior naturalidade, nesses primeiros episódios podemos destacar Cecília Homem de Mello e Fabiula Nascimento. A veterana entrega uma personagem que nos faz repensar sobre como a solidão na terceira idade pode ser cruel. Cecília está incrível, merece mais trabalhos para destacar seu talento, principalmente na TV aberta. Já Fabiula, mais conhecida na telinha, está em seu melhor momento. A rica e dramática personagem contrasta todos os outros trabalhos da atriz. Vale ressaltar que os demais atores são sensacionais, embora nos primeiros episódios eles acabam ficando em segundo plano. Talvez seja mais pelo andamento do roteiro do que pela própria encenação.

Sessão de Terapia é um trabalho rico, que merece ser analisado com afinco. Não é um produto para entreter, mas para vivenciar. Esteja preparado porque os 35 episódios vão fazer você pensar o modo de viver.

Você gostou da nova temporada? Deixe seu comentário.

ads

Leave a Comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ads

You may also like