Mãe cria livro inspirador sobre TDA da filha

By

Margarete A. Chinaglia tinha um desejo: ajudar as pessoas que sofrem com TDA (Transtorno do Déficit de Atenção) a conhecer melhor a doença. Depois de quatro anos com a obra guardada no armário, a farmacêutica bioquímica resolveu publicar o livro Transtorno do Déficit de Atenção – TDA: sob o ponto de vista de uma mãe”.

Na obra já à venda, a autora tem o cuidado de mostrar os principais desafios que enfrentou para que a filha tivesse um tratamento digno, passando por preconceitos, medos, profissionais, relacionamento, entre outras coisas.

Em uma entrevista interessante para o Opinião Cult, a autora relata a construção do livro, o fortalecimento da relação com a filha, o que mudou em sua vida, e muito mais. Veja a entrevista completa:

Opinião Cult: Depois que você escreveu o  livro, você ficou mais tranquila para lidar com o assunto?

Margarete: Não diria tranquila, mas pude perceber que busquei e conquistei força para continuar porque o TDA no caso dela seria para toda a vidaPercebi também que apesar dos tropeços, podemos vencer.

O.C:  Você considera o TDA uma doença pouco comunicável na sociedade? Poderia ter mais visibilidade na mídia?

M: Na época do diagnóstico da minha filha a doença era pouco conhecida, hoje isto melhorou, mas ainda assim há estigmas impostos pela sociedade e bullying. Acredito que se tivesse mais visibilidade na mídia ajudaria a esclarecer a sociedade que a doença é real, mudando o conceito de chamar as crianças de “mal educadas” ou “preguiçosas”.

O.C: Você ficou quatro anos com a obra guardada após ter terminado de escrever.  Essa demora não incomodava você? Você não sentia que estava faltando algo? Ou simplesmente isso não a incomodou?

M: Meu sonho era escrever um livro, ele tinha se realizado, mas entre escrever e publicar havia uma barreira: a exposição da minha filha e nossa família, precisava resolver isto comigo mesma, pois me incomodava. O que me incentivou a publicar foi buscar o objetivo do livro que é ajudar outras pessoas que convivem com o drama TDA.

O.C: Você ou sua filha já passaram por algum tipo de preconceito?

M: Sim, muitos, principalmente na fase escolar. Cito no livro: “para fazer um trabalho escolar em grupo, minha filha era discriminada/excluída porque ela não acompanhava a matéria. Agora para organizar festas ela era a melhor amiga de todas”. Ela me questionava o porquê disto!? Qualquer coisa/preconceito que acontecia com minha filha me atingia, me magoava, doía na alma!

O.C: Para quem o livro é destinado?

M: O livro é destinado aos portadores de TDA ou TDAH, às suas famílias, aos educadores, psicólogos, psicopedagogos e a toda sociedade que se interesse por conhecer um assunto e aceitar as pessoas da forma como elas são, sem distinção.

Aprendi a lidar com ela, com o que não tem mais solução

O.C: Qual a lição que você tira com o livro?

M: Tem uma frase escrita pela minha filha no prefácio do livro que diz assim: ” Nada dura para sempre, somente o amor de uma mãe”. Para mim, isto resume a mensagem do livro.

O.C: Tem algum próximo livro em mente?

M: Sempre me identifiquei muito com a leitura e meu sonho de escrever vem desde a adolescência, mas jamais imaginei discorrer sobre este assunto. Vivi, li e aprendi muito! A vida me levou ao tema e escreveria outro narrando a fase adulta do TDA.

Capa do livro

O.C: Hoje como é a sua relação com a filha?

M: Aprendi no decorrer da criação da minha filha a lidar com ela, a aceitar o que não tem solução, mas jamais passar a mão na cabeça dela referente a situações erradas de comportamento. Hoje ela é adulta, tem 27 anos e uma filha de 5 anos, elas moram comigo. A convivência é tranquila apesar das características do TDA serem evidentes, as vezes até brincamos: “ah este TDA….” Temos uma relação de amor!

Foto da autora Margarete Chinaglia

SIGA O OPINIÃO CULT NAS REDES SOCIAIS:

Facebook – Twitter – Instagram

Leave a Comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

You may also like