Connect
To Top

Brumadinho: como as redes sociais influenciam para a solidariedade

A tragédia que aconteceu com o rompimento da barragem em Brumadinho (MG), na última sexta-feira, desolou familiares e amigos, mas também comoveu toda a sociedade brasileira e mundial. Um fenômeno como esse – que diga-se de passagem tem acontecido com frequência por aqui – e tantos outros, reforça o poder da solidariedade humana, e nessas horas, as redes sociais se tornam um braço direito à serviço do povo.

Desde os primeiros minutos do desastre, artistas e anônimos já compartilhavam mensagens de apoio no Facebook, Twitter e Instagram, as principais redes sociais no Brasil. Por conta disso, é possível que você já tenha visto inúmeras vezes em sua timeline diversos tipos de postagens, principalmente a de pessoas e animais emaranhados em lama correndo situação de perigo.


A ilustração dos artistas plásticos Os Gêmeos ainda choca os olhos. Artistas como Fátima Bernardes e Neymar postaram a mesma arte para se solidarizar com o desastre. Outro retrato, efusivamente apresentado, é o ponto de recolhimento dos materiais, vide que os moradores necessitam de alimentos não perecíveis, higiene pessoal e limpeza, água mineral e roupas.

Ilustração de Os Gêmeos


A internet se expandiu na década de 90 para informar e conectar a sociedade para um mundo mais rápido e ágil. Diariamente, memes e publicações engraçadas correm com força, quase sempre de forma fútil. No entanto, em situações desse nível, cada compartilhamento pode salvar uma vida necessitada. Enfim, é o verdadeiro efeito cascata da internet a favor da população.

SIGA O OPINIÃO CULT NAS REDES SOCIAIS:

Facebook – Twitter – Instagram


Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

More in Internet