‘Bird Box’: Sandra Bullock desafia seus limites em filme pós-apocalíptico

By
ads

Quando chega o mês de dezembro, os usuários da Netflix ficam ansiosos com o novo produto que será lançado. Meses antes, a empresa já começa com suas divulgações maciças, por meio de cartazes e bastidores dos atores em destaque. Em 2017, ‘Bright’ foi a sensação do momento em um filme fantasia estrelado por Will Smith. Este ano, a expectativa está no pós-apocalíptico ‘Bird Box’, com Sandra Bullock numa atuação bastante surpreendente.

‘Bird Box’ traz Bullock no papel de Malorie, uma mulher com dois filhos que precisa fugir de uma força maligna. Ao abrir os olhos, as pessoas cometem suicídio, o que leva ao caos no planeta. Andar nas ruas de olhos vendados é a única maneira para sobreviver.

Malorie é obrigada a atravessar um rio com as duas crianças para chegar em um determinado lugar, porém, os problemas se agravam ao longo do caminho. Nesse clímax, o roteiro segue duas épocas: o presente, a luta de Malorie com os filhos, e o passado, para explicar a sua gravidez e como ela chegou até o momento atual. Em grande parte, o filme mostra o passado e seus personagens dentro de uma casa.

A atriz está excepcional neste longa dirigido por Susanne Bier. Durante a passagem de tempo, vemos uma personagem ganhando frieza e força para salvar a si e os demais. É perceptível algumas características utilizadas pela atriz para fazer essa mulher em apuros,  como engrossar a voz, usar armas e forçar um olhar frio. Em nenhum momento lembramos a famosa Miss Simpatia.

Na composição técnica, ‘Bird Box’ investe em detalhes para aumentar a tensão do público. Sons de sustos, barulhos, vozes e névoas são elementos-base para explorar o medo dos personagens. Afinal, o filme é um conjunto de referências como ‘O nevoeiro’, ‘Madrugada dos Mortos’ e, preterivelmente, ‘Fim dos Tempos’.

Mas como nem tudo são flores, o filme de Susanne Bier deixa pontas soltas. Primeiro: o elenco é apático, poucos se sobressaem. Fora Bullock, John Malkovich tem seus momentos como um homem preconceituoso e com ares de vilão. Em determinado momento, até sentimos pena dele.

Certamente você vai acabar de assistir ao filme e se perguntar: como e por que surgiu esse mundo pós-apocalíptico? Infelizmente o roteiro não entrega os motivos. E para finalizar, a fase atual poderia ser mais explorada. Ficou a desejar!

Filmes com esse tema são pratos cheios para fazer o público refletir sobre como seria a vida de tal forma. Imagina não podermos abrir a janela e olhar para a rua senão seremos tragados por uma força que vai nos incitar a própria morte. Bizarro ou não, ‘Bird Box’ brinca com a nossa imaginação o tempo. Vale a pena assistir, além de contribuir com um final bastante surpreendente, diga-se de passagem.  

Assista ao trailer:

ads

Leave a Comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ads

You may also like