Connect
To Top

“Retomo meu caminho nas artes mais consciente”, diz Thiago Gagliasso

O ator Thiago Gagliasso está de volta aos palcos com o espetáculo ‘Um Quase Gagliasso’, em cartaz entre a partir desta quinta-feira, 5, até 17 de maio na Casa de Cultura Laura Alvim no Rio de Janeiro. A história mostra o ponto de vista diferente sobre o mercado artístico. De maneira reflexiva e com tom leve e divertido, a peça mostra as mudanças pelos quais o ser humano passa diante dos problemas, fazendo uma crítica aguçada à sociedade sobre os estereótipos criados pela mídia em relação às celebridades. Em meio a projeções com as quais ele interage, Gagliasso apresenta como funcionam os bastidores do meio para quem carrega um sobrenome de peso.

Numa conversa interessante, o ator conversou com o Opinião Cult sobre o trabalho, o peso do nome, como lida com a fama, e muito mais.

 

O tema da peça é justamente sobre a sua vida?

Não só a minha vida, mas acho que muita gente vai se identificar com certos momentos, ela também faz sátira do mercado publicitário com a chegada da internet, e conta um pouco sobre os bastidores do meio.

 

Como surgiu a ideia e qual a proposta da peça?

A proposta da peça é unir minhas duas paixões, arte e entretenimento, promover o encontro das pessoas, dos amigos e ser um programa leve para todos.

 

Quando você se deu conta que seu sobrenome era famoso? E como aprendeu a lidar com a fama ainda mais com um irmão que caminha pelo sucesso há 20 anos?

Eu ingressei no mercado artístico há 10 anos e realmente sofri uma pressão e uma cobrança desnecessária por boa parte da imprensa e isso também me prejudicou, mas não foi somente isso, acho que não tive a maturidade e o profissionalismo exigidos pela profissão. Agora retomo meu caminho nas artes, com uma proposta diferente da que comecei, mais maduro e mais consciente.

Thiago Gagliasso (foto: divulgação)

Ainda sobre este assunto: a fama te assusta?

Não mais. Acredito que as redes sociais têm sido uma ferramenta muito importante nessa nova comunicação com o público, mas direta e mais esclarecida, e isso traz muitos benefícios para o mercado.

 

Como você espera que o público reaja?

Ao meu retorno, com alegria, porque muitos se identificam com a nossa família, não só meu irmão, como minha cunhada. E ao espetáculo, com muitas risadas e uma certa reflexão sobre a realidade atual do meio. Estou ansioso e a recepção já está bastante quente.

 

Você concorda que atualmente o mercado artístico conta com mais celebridades do que talentos?

Concordo, mas isso não pela falta de bons atores e pessoas talentosas, e sim, por um momento de mercado onde atualmente o que interessa mais às pessoas é a vida pessoal de alguém do que um conteúdo legal. É apenas um reflexo do que vende.

Thiago Gagliasso (foto: divulgação)

Como você lida com as críticas em relação à Titi (filha adotiva do casal Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank): você considera que os comentários negativos são simplesmente para chamar a atenção?

Totalmente! Meu irmão tem o dever dele de pai, que é lutar pelos seus direitos e defender ela, mas eu particularmente não clico e não alimento nenhum tipo de notícia negativa irrelevante ao racismo. Se todos nós pararmos de clicar, certamente não teremos mais esse tipo de notícia.

 

E como está a relação com o filho Gabriel (de apenas 2 anos)?

Maravilhosa! Aprendendo um pouco mais a cada dia a ser pai. Muito feliz em estar presente na vida dele.

 

Serviço:

‘UM QUASE GAGLIASSO’
Estreia: 05/04/18
Temporada: 05/04 a 17/05.
Quintas-feiras –  20h
Onde: Casa de Cultura Laura Alvim (Avenida Vieira Souto, 176 – Ipanema)
Valor: R$60 inteira e R$30 meia

 

Siga o Opinião Cult no YOUTUBE e também no Facebook,  Twitter e Instagram .

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

More in Entrevista