‘Nerve’ não decepciona com reflexão sobre os desafios dos games

By

 

Se Pokemón Go é a sensação do momento, participar de um jogo onde a realidade e a ficção se mesclam seria o deleite para os apaixonados por games. E é nessa premissa que ‘Nerve – Um Jogo sem Regras’ quer buscar seu público. O filme dirigido por Henry Joost e Ariel Schulman, de Atividade Paranormal 3 4, chama a atenção do seu foco: os jovens.

Nerve conta a história de Vee (Emma Roberts), uma adolescente que resolve participar do jogo para provar que não é a sombra da amiga e pode se destacar diante da sociedade, mesmo correndo perigos. Inicialmente tudo é divertido e desafiador.  Sua primeira atividade é beijar um desconhecido dentro de um bar, nesse caso é Ian (Dave Franco), quem ela tasca um beijão no também participante do jogo. Daí por diante suas vidas se entrelaçam e quase todas as brincadeiras são feitas em dupla. Até aí tudo bem, mas conforme os prêmios vão aumentando (por sinal tudo é depositado automaticamente na conta bancária), os riscos também. Em certo momento, Vee fica suspensa em cima de uma escada horizontal entre dois prédios, numa espécie de ponte, levando a adrenalina os personagens e o espectador.

Nerve tem jogo de cintura sobre o mundo virtual e deixa claro desde a primeira cena com Vee mexendo no celular o quando a tecnologia invade e empareda as pessoas. Por outro lado, a citação ao vazio dos realities shows também é colocada à mostra. A história não é novidade, quem não está cansado de saber que a internet prende a atenção e se não tiver pulso forte é engolido por ela? No entanto, o longa tem seus atributos, é ágil, ainda mais contando com uma boa fotografia e trilha sonora de qualidade, embalada por músicas eletrônicas e pops.

Infelizmente, Nerve peca no romance. Por mais bonito que Roberts e Franco apareçam em cena, o casal é frio, apático e clichê demais. Difícil de engolir.  Além do mais, o final poderia ser de qualidade, em alguns momentos me lembrou do encerramento do primeiro filme de Jogos Vorazes. No mais, Nerve merece atenção. Você pode até não gostar, mas também não vai dormir na poltrona do cinema.

Leave a Comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

You may also like

Hot News