Com repertório diversificado, TriGo conversa com exclusividade sobre o sucesso do projeto musical

By

 

Rei Leão, Bruno Mars, Legião Urbana, e por aí vai. Há quatro meses nas paradas musicais com vocais de Lucas, Victor e Leandro, o TriGo é sucesso por onde passam, e isso tudo devido aos covers bem-sucedidos que encantam a plateia. Somente no Facebook, eles já contam com mais de 280 mil seguidores. Não é pouco, né?

Mate suas curiosidades nesse papo divertidíssimo que o Opinião Cult teve com o TriGo.

Curta o Opinião Cult no Facebook. Clique aqui!

Opinião Cult: Victor e Leandro são irmãos, mas como vocês conheceram o Lucas e como o trio se formou?  

TriGo: Eu (Lucas) fui apresentado para o Victor e para o Leandro através de um amigo em comum. Somos todos do mesmo bairro, sempre tivemos banda e participamos da cena do underground carioca na adolescência.

 

O.C: Como surgiu o nome TriGo?

TriGo: O Leandro veio com uma ideia de batizar o projeto de ‘Trigo’, mas achamos que ficaria mais interessante acrescentar o GO (como o verbo “IR” em inglês).

 

O.C: Qual é a formação profissional de cada integrante?

TriGo: Eu (Lucas) sou músico, o Leandro é professor de Geografia e o Victor é produtor audiovisual (o que nos ajudou demais com o projeto TriGO).

“A ideia é justamente não ter um gênero específico” Lucas Moura

 

O.C: Tem algum artista que vocês prefiram fazer cover?

TriGo: A ideia é justamente não ter um gênero específico. Estamos explorando todos os nichos de mercado possíveis. Do Chaves ao Gonzaguinha, do Rei Leão ao Bruno Mars, do Frozen ao Forfun, e por aí vai.

 

O.C: Como surgiu o convite para o programa da Xuxa e como vocês se sentiram ao lado dela? 

TriGo: A produção do programa da Xuxa entrou em contato e nos convidou para participar do programa após assistirem o nosso medley de Frozen. Foi uma experiência incrível dividir o palco com a Ivete Sangalo e com a Xuxa. Sentimento de realização, queríamos que não terminasse nunca.

 

O.C: Como vocês se organizam para gravar os vídeos? Existe um planejamento para a escolha de cada vídeo?

TriGo: Todos participam com as ideias e a sugestão que for um consenso, é gravada.

 

O.C: Vocês se apresentam em algum local?

TriGo: Sim, fizemos dois shows no sul de Minas Gerais e estamos negociando algumas outras apresentações.

 

O.C: O que vocês fazem além do TriGo? E como vocês dividem o tempo com o projeto?

TriGo: O maior desafio é justamente esse: dividir o tempo entre trabalho/TriGO. Lançamos dois vídeos semanais com muito esforço, já que ainda não podemos nos dedicar integralmente ao projeto.

 

O.C: Como é a abordagem nas ruas?

TriGo: O carinho tem sido fundamental para nos motivar cada vez mais. A abordagem nas ruas ainda é pequena, e ficamos muito felizes quando acontece esse reconhecimento.

 

O.C: O que mais de curioso já aconteceu com vocês?

TriGo: No mês passado fizemos um show em Pouso Alegre (MG) e a mãe de uma fã nossa chamada Giovana preparou uma surpresa para ela. Elas viajaram 4 horas para nos encontrar em Pouso Alegre sem a filha desconfiar que nos conheceria pessoalmente. Foi incrível!

 

O.C: A repercussão é positiva para uma carreira de apenas quatro meses. Como vocês avaliam o trabalho de vocês?

TriGo: Muito otimismo, mas com os pés no chão e consciência de que precisamos sempre nos movimentar e que não pode haver acomodação. O pensamento é de sempre melhorar. Sempre ter a humildade de reconhecer e aprender com os erros.

 

O.C: Qual é o próximo passo?

TriGo: Um novo desafio será incluir músicas autorais em nosso repertório.

Veja alguns vídeos:

Rei Leão

Bruno Mars

 

Gostou da entrevista? Deixe seu comentário. E se você conhece a banda, já tirou alguma foto com eles ou gravo algo com o trio, mande para o Opinião Cult.

Leave a Comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

You may also like